Páginas

9 de outubro de 2009

Dia das Crianças

Gente, assistindo ao Discovery Kids ( meu canal preferido nos últimos tempos ) fiquei abismada com a quantidade de propagandas de brinquedos ( acho que devido a proximidade do Dia das Crianças ). Tem uma de uma loja onde as crianças cantam "compre o seu brinquedo em até 10 vezes sem juros"! Só faltou completar com "no cheque, nos cartões Visa e Mastercard ou a vista com desconto.

Na minha época as coisas não eram assim - dia 12 de Outubro era Feriado de Nossa Senhora Aparecida e não "Feriado do Dia das Crianças" como algumas empresas "vendem" hoje e além disso era raro as crianças ganharem presente no Dia das Crianças - só as que os pais tinham muitas condições - fora a modernidade dos brinquedos de hoje em dia né: tem boneca que faz xixi, coco, vomita, solta pum, arrota e bebe cerveja! E as Barbies então? E os Acessórios? Tem de tudo! Só falta ter Casa de Tolerância da Barbie. Na nossa época também tinham acessórios - ai que looooouxo aquele carro conversível pink metálico, e aquela casa então? E a banheira com torneira de cisne? ( estão todos ai na fotinho ao lado - para ampliar é só clicar em cima ) - nós tínhamos as Barbies e uma ou outra roupinha daquelas cartelas ( que as vezes nem eram da Barbie ) - tínhamos que usar a imaginação, inventar brincadeiras - o carro da barbie eram os sapatos de Papis. A casa era embaixo da mesa da cozinha, um lado meu e o outro da LUM. A banheira era Tupperware. A Piscina era aqueles tachos de lavar roupa. Nós tínhamos tanta imaginação que as vezes brincávamos na varanda e o portãozinho que a dividia a lavanderia era a janela do quarto e a agua que passava quando Mamis lavava a roupa era um lago! Tínhamos que improvisar. Tudo virava um brinquedo ou uma oporutnidade de brincar. Hoje em dia as crianças tem tantos brinquedos e tantos acessórios que acabam os deixando de lado pois não sabem brincar com os mesmos. Não precisa inventar, criar e usar a imaginação, está tudo pronto!

Não acho que as crianças não devam ter brinquedos, óbvio, não sou xiita, mas acho que os pais devem avaliar a qualidade e a quantidade de brinquedos que dão aos seus filhos além de ensiná-los a brincar e estimulá-los a inventar brincadeiras, a não ficarem presos somente em brinquedos e o mais importante, que os brinquedos mais simples podem ser tão ou mais legais que os cheios de frufus. Quantas brincadeiras podemos inventar com uma bola, uma corda, um giz?  Nenhuma menina hoje em dia sabe montar uma casinha, mesmo a de Barbie! Acho que assim os brinquedos ( e as brincadeiras ) cumprirão o papel lúdico que tem -  ajudar a criança a  inventar, descobrir habilidades, desenvolver a criatividade, conhecer o mundo a sua volta e se expressar e por aí vai.

Beijos!

Sah

3 comentários:

Flávia Romanelli disse...

Pois é, tudo ficou sem-graça. Eu fazia as roupinhas da minha Suzie (eu não sou do tempo da Barbie rsrs) e ganhei o salão de cabeleireiro e a bicicleta da boneca de presente de Natal e aniversário juntos! Olha o comentário do Enrico para o comercial da Barbie: mãe, a Barbie é veterinária e leva uma foca para o hospital, só que ela brinca primeiro com a foca antes de cuidar dela! hahaha
Eles pensam que enganam nossos filhos super inteligentes hahaha

Fabi disse...

É verdade...
Discovery Kids aqui em casa virou meu tormento.
Sofia pede todooooos os brinquedos que passam.
Aqui é assim, vai ganhar brinquedo novo, temos que doar alguns velhos!

Ganhou brinquedo, tb ganha livro...

Soft é bem moleca, gosta de bola, carrinho, e boneca pra ela tem que ser careca, sem mto frufru!!

kkkkk

MeL disse...

ah... eu nunca gostei de boneca, e decaptei as barbies que ganhei de algum desavisado em nivers ETC... Eu so gostava de urso de pelucia, e eram meus unicos brinquedos...rsrsrs Uma vez eu ganhei a casa da moranguinho, mas brincava com meus ursos nela.. hahahahah