Páginas

17 de março de 2009

Fim de uma "Era"

Além de ter ficado triste com a morte de Clodovil, senti uma coisa meio que estranha ... foi como se um ícone tivesse nos deixado, tipo, se o Faustão, a Hebe ou Tarcisão tivesse morrido. Vocês podem pensar que eu estou delirando, mas já vou explicar: Cresci vendo a minha irmã ( é, a LUM mesmo ) imitá-lo ( alias, quem não conhece ninguém que não conhece ou nunca tentou imitar o Clodovil? ) e ouvindo os seus comentários ácidos e sem papas na língua a respeito de qualquer assunto. Resumindo: As pessoas podem tachá-lo do que quiserem: arrogante, rebelde, personalidade difícil e outros que não cabe aqui e muito menos a ninguém comentar, mas não podemos deixar de dizer que este cara foi um batalhador, aquele tipo de pessoa que podemos falar que odiamos, mas no fundo, bem la no fundo gostaríamos de ter um pouquinho da coragem e da língua afiada para nos defendermos das mazelas do mundão aí fora. Prefiro pessoas que falam o que pensam e pagam o preço a pessoas omissas que vivem em cima do muro sem ter opinião formada sobre nada.

Clodovil, Descanse em Paz e tenha a certeza que, pelo bem, ou pelo mal, sempre será lembrado.
Matéria na Íntegra: Clique Aqui!

Beijos!

Sah

Um comentário:

MeL disse...

Né, nossa pareceu algo tão su real quando ouvi, morreu Clodovil ...parecia que ele nunca ia morrer, ou tava bem longe disso acontecer... nem sabia que ele tinha 70 e poucos anos.... mas é assim né, pra morrer... basta estar vivo! E ai meninas, sumiram, saudade de vcs no meu brogui!... bjsss