Páginas

10 de fevereiro de 2010

Sobre BBB e Tarjas no meio da testa

Ontem eu não assisti o Programa de Eliminação do BBB pois estreou a última temporada de Lost no canal AXN ( a série será exibida todas as terças-feiras as 21:00 ). Pra ser sincera, eu só assisti até a 4 temporada pois enchi o saco de tentar descobrir o que era aquela Ilha Frõ Réu ( aderimos Mari ). Agora vou assitir a temporada final pois agora eu quero entender o porquê de eu ter perdido 4 anos com a bendita. E se começar a ficar muito difícil de entender eu vou assistir BBB mesmo, pois este é o programa ideal para quem não quer pensar muito ... *
* Calma Pipous, eu não surtei e nem querendo arrumar encrenca, isso foi apenas uma ironia e este é o ponto central deste singelo post - a mania que algumas pessoas tem de pré-julgar os outros pelas coisas que assistem, lêem, acreditam e por aí vai. Se tem uma coisa que me torra as paciência são as tais tarjas que essas pessoas tem a mania de por nas testas alheias por trás de uma postura intelectualóide porcamente demagoga baseada em conceitos que dizem ter tirado dos 10.000 livros que já leram. Vou explicar - vamos começar pelo BBB - tenho lido um monte de bu xiti coisa do tipo - BBB é um programa idiota feito para pessoas idiotas e alienadas. Sinceramente, eu to pouco me f* para o que essas pessoas pensam e suas teorias. Se você não gosta de BBB, acha ridículo, idiota ou sei lá, e quiser escrever sobre isso tudo bem, plenamente aceitável, mas daí você pegar a sua opinião e massacrar as pessoas que gostam já é outra história. Não é porque eu assisto e gosto de BBB que eu sou uma quadrúpede e não sei conversar ou discutir sobre outras coisas, que eu não tenha outros interesses ou que eu seja uma alienada. Eu simplesmente gosto - ponto. E não é por isso também que eu vou arrumar encrenca com quem não gosta - cada um com o seu gosto e viva as diferenças!

Agora, vamos colocar esse ponto de vista num aspecto mais amplo - desde que o mundo é mundo as pessoas pensam que devem matar e morrer pelo seu ponto de vista limitado - digo limitado pois cada um tem uma visão sobre determinado assunto e se você conversar com mil outras pessoas algumas terão o mesmo ponto de vista, outras terão um ponto de vista diferente e outras estarão entre os dois pontos de vista e outras acharão que é tudo um monte de porcaria e por aí vai. Feito isso ( cada um assumir o seu ponto de vista ) é dado carinhosamente uma tarja no meio da testa para cada um com aquilo que acredita estampado. E aí começa a guerra, pois cada uma dessas pessoas vai defender de forma ferrenha a sua opinião acreditando ter a VERDADE e todas as pessoas que discordarem delas estão erradas ou são intelectualmente inferiores, fanáticas e por aí vai. É disso mesmo que estou falando - religião: Uma pessoa chega pra você e pergunta - qual é a sua religião? - você responde - é tal - ai ela prontamente diz - a minha é talmais - ela prega isso, isso, aquilo e aquilo, mas tem um detalhe - tudo o que o cara que inventou nossa religião disse é provado ciêntificamente - e você pensa - tudo bem, eu tenho a minha e estou satisfeito com ela - digo pensa porque se você falar inicia uma discussão infindável que provavelmente terminará com um dos dois atirando na cara do outro que o seu Deus é melhor e que sua verdade é suprema. E tem também as pessoas que não acreditam em Deus e o processo é o mesmo - vão querer provar a todo custo que Deus não existe. Vão usar figuras religiosas e fazer piadas, vão pisar na fé dos outros, como se fosse um ultraje ter fé - e depois ainda dizem que querem abrir os olhos das pessoas - como alguém pode querer abrir os olhos de alguém se ele mesmo está cego dentro do seu ponto de vista? Depois só os religiosos são fanáticos ... O que eu penso disso - que todo mundo aí tá errado - será que é tão difícil aceitar as pessoas como elas são, com suas crenças - ou com a falta delas, com os seus gostos, com a sua sexualidade, com a sua cor de pele, com a sua posição política, ou seja, com a sua forma de ver a vida? Porque o Deus ou o que determinada religião acredita tem que ser maior que o das outras religiões ou até mesmo da inexistência de Deus para alguns - cada um é livre pra acreditar no que quiser. Se a pessoa é feliz com o que acredita, o que está errado? É tão difícil mesmo perceber que é no conjunto de todas as coisas e de todas as diferenças de opiniões é que está a beleza e a complexidade de tudo o que existe? Um clichêzinho só pra irritar - o que seria do amarelo se todos gostassem só do azul? Será que o ponto de vista de algumas pessoas é tão pequeno que elas tem que batalhar, discutir até provar que estão certas - provar pra quem? Para os outros ou para elas mesmas que estão certas - porque pensem comigo - se você tem convicção em algo você não precisa provar pra todo mundo a toda hora que está correto, não é mesmo? É, mas estou esquecendo do fato que a maioria ganha né. E que para uma idéia ser realmente aceita muitas pessoas precisam acreditar nela. O mundo já viu o que uma idéia de uma pessoa e um grande número de pessoas que abraçaram a mesma idéia e a imporam como verdade são capazes de fazer ... e essas coisas só acabarão quando as pessoas se derem conta de que cada um pode ter a sua idéia e a sua convicção sem precisar pisar na idéia e na convicção alheia.

É por isso que eu digo - Tarjas na minha testa NÃO. Podem até tentar colocá-las, mas eu me recuso a usá-las. E me desculpem alguns por misturar BBB com religião - é que eu não consigo pensar sem ampliar a minha visão. Prontofalei - se alguém não gostou tem um espacinho aí embaixo pra isso mesmo.

Beijos!

Sah


5 comentários:

disse...

Eu ADORO BBB e reality shows em geral. Não tenho assistido muito pq tenho tido sono e acabo dormindo no meio, mais entro na net pra saber das fofocas rs
Sobre religião... aff complicado né? Eu fui criada dentro do catolicismo, mas chegou uma época q algumas coisas começaram a ser conflituosas pra mim, ai resolvi apenas ter fé em Deus, o q tem me feito sentir melhor que antes qdo eu vivia na Igreja e tal.

Beijos

Fabi Coltri disse...

Compreendi e apoio tu TATU!!!

Flávia Romanelli disse...

Como já dizia o filósofo: Ado Ado Ado, cada um no seu quadrado!rsrs
Depois me conta o segredo de Lost que já desisti de entender esse negócio faz é tempo!

Bjoca

MeL disse...

Pois é, pensa se alguem fosse me julgar pelas musicas que eu escuto... hahahahahah

Tati disse...

kkk eu vejo bbb sinheeeeee e qd to na mina mae, rola pay per view diretaoooo..kkk adorooo
queo q se fuck ..rsrs
mel.. suas musicas nao sao ruins.sao classicasssss.. bjksssss
amo todass